Esvazio


Mais um copo, menos um copo
De dentro pra fora, de fora pra dentro
Esvaziei mais um, me preenchi um pouco mais
Peço outro então
A garrafa secou, meu copo encheu
Esvaziei o copo, enchi minha boca
Esvaziei minha boca, me enchi
Estou farta, preciso esvaziar
Mas o que me faz mal não sai
De dentro pra fora mais uma vez
E o que está dentro não sai
Por que bebi então?
Se eu soubesse...
Minha dor não passa
Outra dor mais forte vem
Eu choro
Esvazio um pouco mais, mas ainda estou cheia
Dormi
Acordei agora, minha cabeça dói, meus olhos estão inchados
O cheiro do álcool continua em mim
A dor continua
O pensamento ainda me pesa
Liguei
Falei
Gritei alto pelo telefone
Fui até lá, bati na porta
Atendeu
Gritei mais
Ouvi
Chorei
Fui embora
Prometi não voltar
No bar:
Mais um copo, menos um copo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E o que eu tenho feito da vida?

É certo que duvido