O início da ponta


Eu sou uma ponta, assim como qualquer outra, o início ou o fim de algo. Eu sou uma coisa pontuda, e posso machucar, ferir. Eu geralmente não tenho maldade, mas muitas vezes sou utilizada por que tem intenção de ferir. E penso que estou no lugar errado, eu queria ser o meio, estar no centro das coisas, ser enxergado como algo que é continuidade de outra, que é a ligação, o desenvolver. Eu queria ser um meio, mas não sou, e se eu fosse? Será que eu ia querer ser uma ponta?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E o que eu tenho feito da vida?

É certo que duvido